2014 – O Ano de Júpiter – Ingresso Sol em Áries

20 de Março de 2014 Arquivo Comentários desativados em 2014 – O Ano de Júpiter – Ingresso Sol em Áries

FELIZ ANO NOVO !!!  – 2014 – Ano de Júpiter
SOL entra EM ÁRIES – ( Dia 20/03/2014 – 13:57 )

Nada como iniciar um ano jupiteriano com a energia solar em Áries, favorecendo a coragem e tudo aquilo que estará sendo iniciado nesse período. As sementes serão plantadas de acordo com as ações e a atitude perante a vida e a necessidade de abrir novas frentes e/ou trincheiras. A energia ariana canalizada é bem favorável na hora de não desanimar ao ter que realizar qualquer tarefa. Deve haver o cuidado e o controle com o excesso de energia que pode transbordar da coragem e ousadia para a agressividade e competitividade a qualquer custo. Isso vai depender de como o arquétipo ariano esta contextualizado em cada mapa natal individual além das influências dos trânsitos, progressões, revolução solar, etc…

A energia da ousadia não deve ser confundida com passar por cima de qualquer obstáculo usando a agressividade. Canalizar com rumos criativos e inventivos pode dar uma desviada na agressividade fazendo com que ela seja sublimada e cumpra um papel diferente e mais positivo. Não se deve contentar com a presença da agressividade dentro da própria personalidade. Ela pode e deve ser realocada de forma a não prejudicar as relações pessoais, incluindo as mais íntimas, lembrando que o ponto oposto (de equilíbrio) de Áries é regente da Paz, Libra.

Um desafio a ser vencido é a necessidade de desenvolver a persistência e vencer a impaciência. Não basta iniciar, tem que haver uma manutenção ou vibração de continuidade (que virá em Touro) para que não se cumpra o famoso papel do “fogo de palha”, onde há um ímpeto inicial forte e vigoroso para depois se apagar rapidamente, como fogo em álcool. Bastante inflamável e de curta duração. É comum perceber uma energia ariana não tão bem canalizada e desenvolvida em situações onde há pessoas que sempre estão iniciando algo, que em geral não tem longevidade relevante e precisam sempre estar “iniciando algo”.

Outro assunto pertinente que é bom aprofundar é a forma de lidar com os outros. Áries é um signo reconhecidamente não muito adepto da sensibilidade ou do tato mais polido. A impaciência percorre canais onde há resposta rápida e insensível a um estímulo externo. É o pavio curto interno que deve ser trabalhado. E isso se faz sempre realocando a vibração negativa do arquétipo e trazendo essa energia disponível para outros caminhos mais nobres.

2014 – O Ano de Júpiter

Por mais construtivo que seja, é comum a presença da sensação alívio quando um ciclo de Saturno se encerra, principalmente quando em seguida vem um Jupiteriano trazendo doses de energias e vibrações que são fundamentais no bom uso dos aprendizados adquiridos com tanto custo. Agora um dos desafios é saber transformar a própria forma de ver o mundo de acordo com novos conceitos e saber adaptar ao contexto e ambiente, que também sofre alteração.

Enquanto há o momento de maior pressão é difícil perceber ou acessar a própria capacidade de readquirir confiança e otimismo em relação ao futuro, seja distante ou simplesmente os próximos passos.
Essa é uma das mudanças mais nítidas nessa transição de um Ano de Saturno para um de Júpiter.

Masssss… Como é sempre bom dizer aos Sagitários… “Beba com moderação”!

Por mais benéfico que Júpiter seja ele não “desintegra” seus problemas com a maior sorte do mundo e tudo aquilo que precisa ter uma atenção diferente. Ele muda a sensação interna de capacidade, confiança e energia disponível para realizações mais amplas e com resultados mais fartos. É a onda onde se surfa no momento (2014). Individualmente isso ainda passa por outra contextualização que é a disposição do arquétipo sagitariano (signo regido por Júpiter) em cada Carta Natal.

Júpiter aumenta a capacidade de transformar conhecimento em sabedoria, utilizando os aprendizados da forma mais sublime e elevando o nível vibratório interno de forma que isso realimenta a autoconfiança e a disposição para a vida. A generosidade é doada porque se sabe que em algum momento isso retorna, fazendo com que haja o “investimento” nesse futuro bônus vibratório ou de “sorte”.

O maior planeta do sistema solar ainda pode solicitar que haja uma conexão mais íntima ou mesmo uma reconexão com a base de valores pessoais e principalmente espirituais/religiosos. Seja qual for o canal que usa pra acessar O (Os) Ser (es) ou divindade(s) relacionada(s) com seu sistema de crenças sentirá um impulso em estar em maior sintonia com essas convicções. O cuidado maior costuma estar relacionado aos exageros, principalmente aqueles que estejam ligados ao lado mais insensível do zodíaco, esquecendo de se colocar no papel do outro e perdendo um pouco o senso do limite da assertividade expansionista.

Júpiter exaltado em Câncer deveria trazer sucesso e riquezas pra todos, mas isso tende a se manter bem desequilibrado em relação a quem tem muito X quem tem pouco. Quem tem muito pode tender a desperdiçar por não perceber que tem mais do que necessita e tem dificuldades em enxergar que pode ser ajudado com esse excesso. Infelizmente.

É verdade que conselhos cautelosos sobre um Ano de Júpiter podem não conter os mais agradáveis parágrafos, mas é importante relembrar que Júpiter expande, e cada um tem que se virar para “recolher de volta” seus próprios limites, firmando eles justamente nos valores pessoais e espirituais que constituem a sua ética e conduta particular. Isso também se reflete nas expectativas em relação ao mundo, a todos e a si próprio. Quanto mais altas as expectativas maiores as frustrações quando não se conquista metas estabelecidas “a priori”. Isso mesmo quando se chega longe, apesar de não conquistar o que almejava.

O lado bom e o não tão bom de Júpiter ficam elevados em um ano que passa por essa regência. Faz “parte do pacote” lidar também com esse desafio.

2014 é um momento para se descobrir de forma diferente daquelas que se descobre nos momentos de maior tensão na vida onde somos provados. Agora é sua iniciativa em seus próprios passos quem vai te levar a conhecer a si mesmo com olhos mais naturais, em condições mais positivas. Quanto você consegue explorar de seu potencial como Ser Humano em momentos que a vida solicita que seja mais feliz?

Bom para aprofundar conhecimentos específicos… Quem sabe até mesmo programar uma viagem para o exterior, ou simplesmente descobrir novos interesses sobre culturas diversas da própria podem ser caminhos que tragam momentos interessantes e esse tipo de experiência deve estar mais ao alcance.

A forma como conduz seus bons momentos deve ser alvo de sua atenção. Explorar sua bondade e generosidade naturais principalmente em função do coletivo. A conexão com as pessoas deve ser utilizada também nos melhores momentos para que a vibração do sucesso e do otimismo seja mais amplamente expandida.

Não se esqueça de agradecer as Leis Cármicas por você não ter cometido apenas erros no passado, mas também tem áreas da vida em que “mandou bem”. E isso também se torna uma vibração naturalmente mais fluida e com resultados mais favoráveis. Aliás, agradeça mais a tudo sempre, também pela intuição que estará aguçada do início ao fim do ciclo. Aprender a conversar com ela terá grande valia.

Um ciclo mais ativo, alegre e confiante! Um ciclo de Júpiter! Agradeça e aproveite!

LUZ PAZ AMOR HARMONIA PROSPERIDADE
Carlos Falcão

Sobre o Autor

Olá, quer fazer seu mapa astral comigo? Me envia um whatsapp 11 987853926.
Sou atual Diretora Financeira da CNA (2015-2018) e Diretora do Astroinvest (www.astroinvest.com.br). Agente 75 da C*I*A (Cosmic Intelligence Agency) e Diretora da Hub Content (www.hubcontent.com.br).
Escrevo sobre o ingresso de Vênus nos signos para o site http://agencia.cosmicintelligenceagency.com/

Jornalista e Empresária, é Astróloga há mais de 25 anos, segue a linha da astrologia moderna. Especializou-se na Faculty of Astrological Studies (http://www.astrology.org.uk/) na Inglaterra. Foi Coordenadora do Núcleo Digital e Membro do Núcleo Social da Central Nacional de Astrologia para a gestão 2012-2015. Em 2015, tornou-se Diretora Financeira da CNA. É uma das sócias do Astroinvest, portal focado em astrologia financeira e empresarial.
Começou sua carreira na área estudando em São Paulo – SP em 1990 e, em 2001, mudou-se para Londres. Estudou na Faculty of Astrological Studies com Astrólogos Internacionais renomados e experientes, alguns inclusive autores de excelentes livros, tais como Darby Costello, Clare Martin, Kim Farley, Sue Farebrother e Peta High. Participou de seminários com Sue Tompkins e Melanie Reinhart, entre outros. Entre seus autores favoritos estão Howard Sasportas, Liz Greene e Stephen Arroyo.