Símbolos para grandes objetos trans-Netunianos

27 de janeiro de 2011 Artigos, Diversos: a partir de janeiro/2010 Comentários desativados em Símbolos para grandes objetos trans-Netunianos

Recentemente foram descobertos alguns grandes objetos externos ao Sistema Solar. Discutiu-se muito o fato de serem ou não planetas, e eles acabaram caindo no gosto popular. Dificilmente a IAU (International Astronomical Union, ou União Astronômica Internacional, que reúne astrônomos de todo o mundo) vai dar a eles símbolos (se entendi bem, a IAU tem um símbolo default, que consiste no número do objeto dentro de um círculo), mas eu gostaria que houvesse ao menos alguns símbolos extra-oficiais.

Estes símbolos foram criados por mim e não são de maneira alguma oficiais – eu os ofereço ao domínio público.

 Makemake

Para criá-los, usei os mesmos princípios utilizados na criação de símbolos para outros planetas do nosso Sistema Solar (http://www.suberic.net/~dmm/graphics/astro/moons.html) – são símbolos básicos feitos em cima do nome do objeto em sua língua original -, evitei símbolos muito complexos e tentei dar a eles uma identidade diferente do mero formato das letras.

Para ver esses símbolos em seu contexto junto aos outros, criei uma lista dos maiores objetos identificados no nosso Sistema Solar, com um símbolo junto a cada objeto (http://www.suberic.net/~dmm/graphics/astro/size.html) .

Varuna

Varuna 20000 é um objeto do Cinturão de Kuiper, descoberto no ano de 2000 por R. McMillan. Seu nome veio do deus hindu Varuna e, portanto, baseei o símbolo na letra devanágari “va” (?) e na corda de cobra que Varuna carrega.

Ixion

Ixion 28978 é o segundo maior Plutino conhecido. Foi descoberto em 2001 pelo grupo Deep Ecliptic Survey (NASA). Seu nome foi inspirado na figura mitológica grega de Ixion. O meu símbolo se baseou no símbolo de Ixion criado pela astróloga Sandy Turnbull (http://www.zanestein.com/Ixion.htm) , mas utiliza as letras gregas “iota” e “xi” (? and ?), em vez das romanas I e X, já que Ixion é uma figura grega. Tem semelhança com a roda Ixion, que – dizem – fica nos limites do Hades. Zane Stein também tem um ótimo símbolo de Ixion, que pode ser visto no mesmo link – http://www.zanestein.com/Trans-pluto.htm.

Quaoar

Quaoar 50000 é um objeto do Cinturão de Kuiper descoberto de 2002 por Chad Trujillo e Michael E.Brown. Seu nome vem do deus tongva (tribo nativa norte-americana) Quaoar. A população tongva aparentemente não tinha uma escrita antes da chegada dos colonizadores europeus. Dessa forma, seu sistema nativo de escrita incorporou o alfabeto romano. Juntei a letra romana “q” à forma de uma canoa.

Sedna

Sedna 90377 é um objeto trans-netuniano descoberto de 2003 por Chad Trujillo, Miachel E. Brown e David Rabinowitz. Seu nome foi inspirado no deus inuit (indígena canadense) Sedna. Na língua inuit moderna, Sedna é “sanna” e se escreve assim: ??? (ou, graficamente, ). Juntei a sílaba inuit “sa” com a letra “n” para criar um símbolo que sugere uma foca ou um peixe que pula.

Orcus

Orcus (ou Orco) 90482 é um objeto do Cinturão de Kuiper descoberto em 2004 por Chad Trujillo, Michal E.Brown e David Rabinowitz. Seu nome é o do deus romano Orcus, o deus da morte, mas seu nome pode ter relação com a orca (também conhecida como a baleia assassina). Juntei as letras romanas “o” e “r” num símbolo que lembra um crânio e um sorriso de orca. Existe outro símbolo para Orcus, também de Sandy Turnbull, que pode ser visto no site de Zane Stein.

Eris

Eris 136199 é um planeta-anão descoberto de 2003 por Chad Trujillo, Michael E.Brown e David Rabinowitz. Seu nome é o da deusa grega Eris, que ainda hoje é idolatrada pela moderna religião do discordianismo. Depois de uma tentativa de criar um símbolo baseado na clássica maçã dourada de Eris (http://www.suberic.net/~dmm/graphics/astro/img/big/ErisA.png) , optei por acrescentar uma barra transversal ao símbolo discordiano, chamado de “A mão de cinco dedos de Eris”, que sugere um ípsilon (http://www.suberic.net/~dmm/graphics/astro/img/big/ErisC.png) . Eu resistia a essa idéia até que o blog “travlr1” sugeriu que fosse usada a “Mão de Eris” sem enfeites, num post (http://community.livejournal.com/discord_society/121192.html) da discordante “livejournal community”, um grupo de viciados em jornais on-line. (Existe uma discussão sobre outros possíveis símbolos para Eris no site.) Depois de refletir um pouco, mudei a símbolo para a Mão de Eris, como foi sugerido pelo blog “travlr1”.

Versões menores das imagens

Makemake

136472 Makemake (pronuncia-se “ma-que-ma-que”) é um planeta-anão descoberto em 2005 por Michael E. Brown, Chad Trujillo e David Rabinowitz. Seu nome é o do deus da fertilidade Rapanui, Makemake. O sistema de escrita original da Ilha da Páscoa, Rongorongo, não foi decifrado – o Rapanui moderno é escrito com o alfabeto romano. O símbolo lembra um M e as tradicionais inscrições em pedra do rosto de Makemake, e foi criado em colaboração com o leitor John T Whelan.

Pequenas versões das imagens

Esta página e estes símbolos foram criados por Denis Moskowitz (http://www.suberic.net/~dmm/) . Modificado pela última vez no dia 5 de outubro de 2006. Os símbolos são de domínio público e podem ser usados livremente, copiados, redesenhados, criticados, etc, mas, por favor, não reivindique sua autoria.
NT: Tradução autorizada pelo autor.

Sobre o Autor

CNA (Central Nacional de Astrologia)