Saturno Em Escorpião – Parte I – A Hora Da Verdade

22 de outubro de 2012 Artigos Comentários desativados em Saturno Em Escorpião – Parte I – A Hora Da Verdade

Em 5 de outubro de 2012, pela Astrologia Ocidental, o planeta Saturno ingressou no signo de Escorpião, por onde estará transitando pelos próximos dois anos e meio. Essa mesma configuração ocorreu em 1982 e 1983 e repete-se a cada 29 anos aproximadamente.

Saturno representa a realidade concreta, tudo que é evidente, palpável. Em Libra (final 2009 até agora) evidenciou as questões de relacionamentos, apresentando-nos objetivamente as implicações das nossas relações sociais e afetivas. Neste signo estava na condição de exaltação, ou seja, num signo onde expressa-se com boa sintonia, unindo a prudência de Saturno ao equilíbrio e adequação librianos. Nesse período consolidou-se o casamento entre pessoas do mesmo sexo em diversos países, foi reconhecido como uma realidade após um longo processo e legitimado social e juridicamente. Ou seja, o processo e o fenômeno já existiam mas foi nesse período que se concretizou a conquista em termos de legislação. A consolidação cultural e a aceitação social, no entanto, ainda vai sendo construída, e o momento atual com Saturno em Escorpião e Urano em aspecto com Plutão sugere o questionamento de todo tipo de opressão cultural e a quebra de tabus, principalmente relacionados à sexualidade.

Em Escorpião podemos ver intensificadas as pesquisas sobre doenças crônicas e altamente debilitantes como câncer e AIDS, problemas ginecológicos, de coluna, genéticos, do sistema reprodutivo, psiquiátricos, etc. Escorpião está ligado à resistência física, grande capacidade de regeneração e cura. Saturno diz que é o momento para confrontar esses temas. Por outro lado onde houver negligência, imprudência e irresponsabilidade, haverá cobrança.

Vai haver maior valorização das técnicas terapêuticas holísticas, energéticas e vibracionais. Nesse ponto é preciso esclarecer que vai haver também maior exigência com relação aos efeitos e resultados assim como em relação aos processos, que devem dar toda a garantia de segurança e transmitir confiabilidade.

As terapias psicológicas estarão em alta, com destaque para as terapias profundas, técnicas transpessoais, regressão de memória, Reiki e terapia floral, entre outras que trabalham o indivíduo de forma integral com foco na transformação a partir do nível emocional e planos energéticos sutis ao invés de privilegiar somente o mental.

Haverá maior aceitação sobre a origem emocional das doenças e distúrbios físicos e dessa forma a cura também será buscada nesse nível. A realidade concreta vai se apresentar de forma muito direta, franca, autêntica, sem maquiagem, intensa e profunda. A emoção será a marca de cada momento, revelando segredos e mistérios como essência motivadora  da expressão da verdade e das transformações necessárias. A realidade expressará um clima de mistério e a tônica será a busca dos motivos ocultos por trás das aparências.

Ao mesmo tempo também pode-se ter o retorno sobre o mau uso da nossa energia, da sexualidade e das questões relativas ao poder. Essas consequências serão inevitáveis e este será o momento de se revelarem.

O homem possui energias de diferentes níveis vibratórios. As doenças derivam do uso desequilibrado dessas energias, seja por congestão ou inibição, e podem ter origem no corpo etéreo, no corpo astral ou no corpo mental, mais frequentemente no astral ou emocional. Somos movidos por desejos e emoções como ansiedade, medos e paixões e os desequilíbrios podem chegar ao corpo físico através do corpo etéreo, via de ligação entre espírito e matéria.

É o momento onde aparecem todos os venenos psíquicos que produzimos no passado lentamente e agora vêm nos intoxicar e mostrar o que criamos. De certa forma é uma maneira de enxergarmos as escolhas inconscientes ou mesmo conscientes que fizemos e é um bom momento também para as reformulações.

Vamos assistir a uma busca pelo despertar da essência de cada um e em termos coletivos vai haver maior valorização dos processos de transformação das nações, com a evolução de sua história e cultura, considerando o próprio impulso que nasce do centro de sua necessidade de liberdade e poder. As ações serão menos políticas e mais emocionais. A motivação será a transformação criando uma situação completamente nova em termos de visão, crenças e conceitos a partir das bases da experiência do passado.

Lembrando de um outro aspecto celeste do momento, Urano em quadratura com Plutão, é possível prever que o que move muitas nações em conflito atualmente é a busca pela liberdade e a revolta contra todo tipo de opressão e autoritarismo e o momento é de lutar até as últimas consequências. A configuração Saturno em trígono com Netuno complementa o quadro com o ideal pela democracia sinalizando que é hora de construirmos um mundo mais justo com direitos iguais para todos, assim como de revelarmos nossa maturidade evolutiva.

A ambição estará intensificada com determinação para atingir objetivos, no caso negativo visando o poder e os benefícios materiais aliados à falta de ética, levando governos tirânicos e políticos corruptos à derradeira queda. Na manifestação positiva veremos atitudes maduras em relação ao poder através da experiência e responsabilidade. Serão propostos projetos a longo prazo, com cautela,  visando atingir bens grandiosos.

Poderá haver medidas de contenção de gastos e restrições devido aos problemas financeiros. O contato entre Saturno e Netuno sugere o auto sacrifício em benefício da coletividade.

Na área da saúde serão propostas novas soluções mais realistas e eficazes contra a dependência química.

De modo geral esse período de Saturno será marcado por experiências intensas e profundas, com fascinação pelo oculto e necessariamente emocionais. Nesse caso é prudente lembrar que se nos deixarmos levar por nossos impulsos de forma inconsequente e irracional, iremos arcar com as consequências. É tempo de desenvolver a consciência e nos responsabilizarmos por nossas escolhas.

No mapa individual é possível identificar a área onde essas experiências estarão destacadas a partir da casa onde se encontra o signo de Escorpião.

Sobre o Autor

Iniciou seus estudos astrológicos em 1980 com a respeitada astróloga Emma Costet de Mascheville (D. Emi) e desde então segue nos estudos, pesquisas e atendimentos. Ministra cursos em nível básico e avançado. Psicóloga, Mestre Reiki e terapeuta floral. Desenvolve seu trabalho através de consultas, realizando a análise do mapa natal e prognósticos como instrumentos de autoconhecimento e crescimento. Foi Coordenadora da CNA Regional Sul em 2008 e promoveu a realização de vários Circuitos em Porto Alegre, eventos que ocorrem em diversos estados brasileiros simultaneamente uma ou duas vezes ao ano e contribuem para a divulgação da Astrologia como um saber de alto valor e ricas aplicações em diversas áreas.