Lunação em Câncer

27 de junho de 2014 Notícias Comentários desativados em Lunação em Câncer

LUNAÇÃO CANCERIANA – 27/06/14 – 05:08

Enquanto a entrada do Sol em câncer traz a vibração canceriana pelo canal da nossa essência, a lunação atinge diretamente o núcleo do nosso corpo emocional. Não são apenas os objetivos da essência que estão permeados pelas vibrações lunares, mas agora a própria “lua de cada um” estará mais canceriana, ou seja, a sensibilidade estará mais presente nas reações emocionais, nas sensações, na es(ins)tabilidade de humor entre outros temperos que vão surgir nesse ciclo lunar.

O impulso para oferecer nutrição, proteção e qualquer tipo de acolhimento agora se torna ainda mais importante porque o seu próprio bem estar emocional dependem disso. De acordo com o signo em que está a lua em cada mapa individual as necessidades que surgirão terão suas características mais detalhadas dando a noção de como você “gostaria” de receber essa vibração do outro, visto que a carência emocional estará em evidência pra todos.

Todos estarão mais carentes, mas e quem vai ar conta disso tudo? Todos poderão ser uma “mãezona”, mas também todos vão querer em algum momento ser o “bebezinho”.

Será importante perceber que não receberá por muito tempo se estiver se recusando a oferecer. Na verdade o momento é mais que excelente para justamente exercitar essa troca de afeto, emoções e carinho sem receios. Descristalizar tudo o que é rígido e inflexível em sua personalidade, pontos de vista. Desça do bonde do estigma racional em que as pessoas costumam se escravizar e comece a comparar se o que você pensa é o que você sente. Se for muito diferente é porque tem algo muito errado aí, certo? A hora é também de olhar para isso.

Tudo o que se passa em casa toma uma importância maior, pois afeta diretamente o dia a dia. Então buscar manter as relações familiares sempre em dia, com carinho e troca mútua de colo, proteção, etc. irá favorecer muito o andamento “administrativo” da vida.

Por vezes pode haver impulso de gerar algo novo, que possa ser um filho real ou representado simbolicamente por um projeto novo profissional, uma construção de uma casa, um doutorado… O caminho pelo qual esse tipo de impulso ficará mais nítido é “estudar sua própria lua” em seu mapa natal.

Câncer é apegado ao passado. Emocionalmente. É um signo que prefere a dor a “não sentir”. Nenhum dos dois parece viável, então surgem momentos como essa lunação canceriana onde a libertação emocional do passado se torna mais acessível, e cada um aproveita o momento com maior confiança que nunca deixará de sentir, mas os personagens estarão muitas vezes mudando.

Tendo em conta que todos estarão mais sensíveis que o normal é esperado que a impaciência com excessos de sentimentalismos também estejam presentes. Então vale lembrar a “lei” da troca. Não cobra do mundo o colo que você não tem disposição para dar e favoreça o seu próprio equilíbrio bem como o do ambiente onde convive, principalmente em contexto pessoal. Haverá o momento de cuidar como o de ser cuidado. Mas a atenção para os comportamentos mais infantilizados deve ser grande, porque é esperada sempre nesse ciclo uma espécie de “regressão coletiva de aspectos arquetípicos do inconsciente coletivo” que são afetados pela lunação canceriana.

Haverá momentos para ficar mais “na sua”, buscando uma introspecção que é uma releitura do corpo emocional. É um processo que simplesmente “acontece” internamente e que visa reorganizar o corpo emocional dentro de um momento instável. De acordo com cada mapa isso pode ser feito dentro do “canal disponível” para elaborar esses conteúdos afetivos. Pode ser um esporte, arte, oração, até mesmo trabalho se esse for solitário.

Ainda vale lembrar que deve tomar cuidado com excessos de gastos com a casa. Aparelhos domésticos e tudo o que puder trazer conforto dentro do lar pode ser mais atraente. Quem tem um bolso mais “inquieto” pode acabar gastando mais do que deveria e comprometendo um pouco “as contas”.

O momento tendo a emoção como energia protagonista já dá indícios que a parte prática da vida vai exigir um pouco mais de esforço para se lidar com a demanda da rotina. Nem sempre é fácil se dividir entre o que tem que ser feito e o que quer fazer. É realmente um estudo profundo e rico, mas principalmente para as pessoas não perderem o costume de sentir. Sentir e bancar o próprio sentimento sem a falsa fantasia da vulnerabilidade. É essa fantasia que gera o início das hipocrisias, e assim todos se afastam da própria verdade. De tempos em tempos faz bem olhar, lidar e sentir o próprio “eu” para não perder o contato consigo mesmo.
LUZ PAZ AMOR HARMONIA PROSPERIDADE

Carlos Falcão

 

Sobre o Autor

Astrólogo e psicólogo (UniFMU - 98) especializado em Adolescência, Terapeuta Reikiano, Membro Rosacruz (AMORC), Grande Fraternidade Branca e Xamanismo, Carlos Falcão é autor de diversos textos e trabalhos bastante reconhecidos na Astrologia, também atuando como colunista da CNA. Como profissional, seu trabalho segue uma linha terapêutica (Astropsicologia), Atende nas áreas Clássica, Cármica além de fazer previsões e sinastrias, tendo sido também um dos pioneiros em atendimentos on line.