Lua Nova em Leão

26 de julho de 2014 Arquivo no comments

LUA NOVA EM LEÃO

Grau da Lunação- 3º 51″

26/7/14 – 19:41

Nada como sentir-se especial e o centro das atenções em alguma área da vida onde podemos expor uma faceta mais brilhante dos talentos individuais, certo? Sim. Essa é uma sensação leonina ligada à percepção da aceitação geral ou de ser alguém especial. Esse é o maior desejo da Lua Leonina. Quanto mais receber elogios sinceros e merecidos e/ou mimos bajuladores maior será a satisfação do ego.

Quando pensamos sobre a Lua sempre estaremos refletindo a respeito do corpo emocional de forma geral gerando consequências no estado de humor e alegria momentânea, de acordo com o contexto astrológico individual mais amplo.

Onde essa Lua em leão cair no seu mapa vai indicar em quais situações existe a tendência a buscar ter mais orgulho daquilo que faz, pensa ou promove junto aos outros. É onde há maior necessidade de se sentir importante para o mundo. Essa necessidade é a mesma que faz com que leão só se sinta mesmo confortável em situações de comando, onde todos estejam sob suas ordens. É uma vibração poderosa e impulsionadora de realizações, pois preenche a área da vida em questão com toda a coragem necessária para fazer o que precisa ser feito enfrentando qualquer tipo de obstáculo.

Há que se fazer a escolha entre buscar incessantemente o reconhecimento autoafirmativo a qualquer custo que dá vazão as infantilidades do ego, ou demonstrando quão é realizadora é essa energia mostrando capacidade e espírito de liderança típicos da vibração leonina. Questão de livre-arbítrio unida com o contexto astrológico individual que mostra o tamanho do esforço para vibrar o que se deseja ser.

Essa lunação em especial tem alguns aspectos específicos. Com júpiter junto ao sol e a lua são esperadas algumas alterações no “tempero” dessa lunação leonina assim como a tensão de todos os três com Marte, que acompanhará essa lunação inteira no signo de escorpião.

Júpiter infla mais a “bolha egóica em leão” deixando ainda mais marcante a presença da sensação do poder de realização irrestrito e um desejo de viver algo que traga um espírito aventureiro indomável. Júpiter deixa essa lunação mais indomável sim, mas também radical e intensamente energizada e potente. Pode haver fortes tendências à inconsequência e perda dos limites na hora de reagir às situações que não satisfaçam suas expectativas. O autocontrole é amplamente desfavorecido nesse contexto. A arrogância, empáfia e prepotência podem ficar presentes e afetar diretamente as relações pessoais ou profissionais. Ainda é relevante avaliar que esse bolo energético está em tensão (quadratura) com marte, que “acaba” de entrar em escorpião. Ou seja… BE CAREFUL !!! BEBA COM MODERAÇÃO !!! RESPIRA E CONTA ATÉ 10 !!! Qualquer tensão maior que aconteça envolvendo esse bolo leonino (Sol, Lua e Júpiter) com marte pode despertar ações extremas e muitas vezes com possibilidades de rompimentos definitivos ou até mesmo a violência. O autocontrole é absolutamente necessário e ele só poderá existir na medida em que realoca energias “com fins negativos” para outros fins, gerando outras consequências com seus atos.

Qualquer impulso de agressividade deve ser “fanaticamente” canalizado para fins produtivos. O impulso para agir de forma menos sublime pode ficar em evidência com marte em escorpião e nessa lunação “há muito fogo muito muito perto do barril de pólvora”. A capacidade de realização ampla e quase irrestrita também vale pra capacidade de magoar e ofender os outros com qualquer postura prepotente e arrogante. O egocentrismo pode chegar a níveis intoleráveis. Observe, que cedo ou tarde nesse período até a próxima lua nova (em virgem) você vai sentir essa energia “acontecendo” dentro de você exercendo uma pressão para que o comportamento mais explosivo ou instintivo venha à tona. Identifique-a e imediatamente tente recanalizá-la para fins pacíficos e compreensivos. A sublimação é sempre bem-vinda e aqui ela é fundamental para a manutenção de qualquer harmonia.

Cada um tem sua estrada particular para percorrer, mas tem as mesmas energias (no céu) disponíveis que todos para lidar com as individualidades da vida. Em cada mapa, cada micro contexto astrológico é potencialmente um canal por onde os trânsitos exercem sua influência, seja em quais níveis forem que elas acontecem. É onde você pode perceber o que tem em sua disposição ou não em cada momento.

Leão brilha por natureza. Seja pra um lado bom ou não. Mas é nítido perceber que a área da vida (casa astrológica) onde a lunação leonina estiver posicionada em relação ao seu mapa é onde você poderá brilhar ou ter uma experiência leonina de sucesso.

Um dos lados menos sublime dessa lua é a necessidade infantilizada de estar sempre na Berlinda. “Falem mal ou bem não me importa, desde que estejam sempre falando de mim”. É aquela lua que “adora chamar a atenção”, se sente muito à vontade com público em volta. É a lua que adora a fama. Só não pode ser a qualquer custo, mas sim em consequência de realizações notáveis. É comum pessoas com lua em leão chegarem numa roda e mudarem o assunto falando de algo que aconteceu consigo mesmo naquele dia e de suas questões para que todos também comecem a falar sobre esse assunto deixando os outros de lado. De alguma forma isso é comum acabar acontecendo porque essa mesma lua leonina é carismática e magnética e acaba realmente atraindo a atenção (isso é comum também com quem tenha mercúrio em leão). E esse é o contraponto que deve ser equilibrado de forma consciente. O desejo do reconhecimento e o desejo desenfreado de atenção e aceitação fantasiados de orgulho. A diferença muitas vezes é bem sutil. Em regra a energia leonina/solar se dá muito melhor e tem melhores resultados quando há o despojamento do ego em função do oferecimento da generosidade. Isso é uma escolha consciente.

É importante saber diferenciar o que “ajuda na vida” do que nosso corpo emocional acha gostoso. O Bom pode mesmo ser igual, mas também pode ser muito diferente do que é o Bem. Tendo isso em conta e que pra Lua basta que ela vibre a própria natureza, ou seja, pra ela basta sentir. Seja o que for. Ela simplesmente não “tá nem aí” se a sua vida está correndo bem ou não em decorrência “das reações dela”. Isso é com a consciência objetiva de cada um.

Como essa lua tem características específicas ligadas a situações mais arraigadas da vida humana esse descondicionamento se torna mais árduo e por vezes demora largar a necessidade de atrair substituindo-a pela necessidade de doar bondade e calor humano irrestritos e desprovidos de “esperar algo em troca”.

É fato que não há no zodíaco nenhuma lua mais capaz de oferecer ao outro momentos de felicidade plena. Ninguém é capaz de “tratar melhor o outro” do que essa lua. O calor solar quando bem combinado com a função lunar deixam qualquer pessoa que conviva com essa energia verdadeiramente feliz e cheia de alegria. Mesmo sendo a constância disso bem distante e utópica, muito poucos ou quase ninguém seria capaz de conseguir tal proeza como a lua leonina, mesmo que por momentos.

Então é hora de usufruir dessa vibração de gentileza e generosidade. Saber identificar quais os canais e brechas que existem na vida e no próprio comportamento para que possam ser enxertadas mais ações bondosas, generosas e sem esperar que alguém dê em troca um mínimo elogio ou sequer um “obrigado”. A utopia a ser buscada é conseguir fazer essa felicidade bastar ao doar bondade e generosidade saindo do próprio coração. Nessa lunação Júpiter ainda pode trazer esse contexto de uma energia calorosa e que tenha um conforto ligado a fé, crenças. É um canal disponível para buscar positividades bastante útil.

É justamente a dependência em relação ao que o outro pensa, sente ou fala que mais prejudica a vibração leonina. É a independência que deve ser buscada de forma constante e ininterrupta. A criatividade e o entusiasmo também estarão presentes para que possa criar momentos agradáveis e divertidos para quem compartilha sua presença. É uma ótima lunação para receber pessoas queridas em casa e fazê-las sentir todo esse calor humano que existe em cada um.

Aprenda a olhar pra sua própria estrada identificando quais pegadas está deixando nela. Essa observação ajuda a olhar pra frente e caminhar de forma aprimorada, buscando a compreensão de quando a vida da carne se encerrar as pegadas da SUA história continuarão ali eternamente.

LUZ PAZ AMOR HARMONIA PROSPERIDADE

Carlos Falcão

Sobre o Autor

Astrólogo e psicólogo (UniFMU - 98), Terapeuta Reikiano, Membro Rosacruz (AMORC), Grande Fraternidade Branca e Xamanismo, Carlos Falcão é autor de diversos artigos e do E-book "Aprendendo a Ler o Mapa Astral", tambémé Conselheiro na atual gestão da CNA. Como profissional, seu trabalho segue uma linha terapêutica (Astropsicologia), Atende nas áreas Clássica, Cármica além de fazer previsões e sinastrias, tendo sido também um dos pioneiros em atendimentos on line unindo Psicologia e Astrologia.

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *