Lua Nova de Touro – Quando a alma ama o que faz

26 de abril de 2017 Arquivo, Artigos, Astrologia Horoscópica, Astrologia Psicológica, Ciclos Astrológicos, Comunicação CNA, Lua Nova / Lunação, Mecânica Celeste, Notas, Regional BA, Regional Campinas, Regional MG, Regional RS, Regional SC, Regional SP, Resenhas no comments

Quando a alma ama o que faz

 

Existe um jargão no mercado financeiro relacionado ao touro, provenientes da palavra em inglês bull. O termo bull spread é a projeção de um aumento de preço de um produto de baixo valor. Outro termo, bullish  significa esperançoso, confiante, otimista, e tem uma relação com o aumento das vendas e a valorização do produto no mercado. O touro representa justamente essa imponência, força e resistência, principalmente quando está bravo e seu movimento de ataque, de baixo para cima, indica essa ascenção. Próximo a Wall Street, Nova York, considerado um dos centros financeiros mais importantes do mundo, local também da bolsa de valores, está a escultura Charging Bull, o Touro de Wall Street (1941), criada pelo artista Arturo di Modica, que segundo o próprio artista é um símbolo de liberdade, paz e força para a economia do país.

 

The Charging Bull (ou O Touro de Wall Street, Arturo di Modica, 1989)

 

No entanto, em Março deste ano, em homenagem ao dia da mulher, foi colocada uma nova escultura, Fearless Girl (Garota Destemida) da artista Kristen Visbal, uma menina pequena e frágil, mas ainda assim tão imponente quanto o touro à sua frente, dada sua pose e expressão facial. Independentemente da repercussão que tal obra causou, é importante ressaltar como o papel da mulher mudou ao longo do tempo, principalmente nos últimos anos. A diferença de gêneros era uma questão muito evidente na época em que surgiu o Touro de Wall Street. A mulher praticamente não tinha voz ou papel social. Muito se evoluiu nessa questão, mas ainda existe um forte resquício cultural de não reconhecimento da mulher como igual ao homem, não superior, nem inferior. A “garota destemida” vem para questionar justamente isso, uma nova geração de mulheres que não têm medo de encarar os desafios sociais dominados pelo homem e mesmo pequenas e frágeis são capazes de se igualar em força e destaque.

 

The Fearless Girl (ou A Garota Destemida, Kristen Visbal, 2017)

 

Astrologicamente, não se pode esquecer que Touro é regido por Vênus, e essencialmente de gênero feminino. Vênus está associada aos prazeres e ao amor. Apesar de ser um signo bestial, muito ligado ao instinto, símbolo de força e resistência que são atribuídos, em um primeiro momento, ao masculino (até mesmo o touro é um animal macho) existe uma regência relacionada à força do feminino, que não vem do físico, mas do coração. Afinal, é a paixão que colocamos em algo que determinará o quanto se é insistente, resistente e perseverante para adquirir e manter o objeto de desejo.

 

Perceba que onde Touro estiver no mapa, os astros ali presentes é que serão ativados nesta Lunação, que não possui nenhum outro aspecto maior envolvido. O quanto se é apaixonado pelos assuntos ligados àquele setor ou aos astros envolvidos? É o momento de colocar esforço e trabalho e ter a paixão necessária é decisivo para um bom resultado. Fazendo uma analogia muito utilizada para o signo de Touro, ninguém gosta de comer algo que não foi feito com amor e sente a diferença de uma comida industrializada, por exemplo. Aquilo que se envolver neste mês, se não tiver amor, poderá ter o gosto amargo no final.

 

Mesmo Touro sendo ligado ao lado mais prático e material, existe uma sensibilidade, uma ligação com o lado mais feminino que precisa ser resgatada. Tudo fica melhor quando se coloca amor, é o tempero da vida, e tal força vem inegavelmente do feminino em cada um. Interessante uma sociedade em que a mulher merece mais atenção e luta para se colocar em igualdade ao homem. Poderá essa condição refletir um resgate desse feminino há muito tempo perdido?

 

Lunação de Touro – 26/04/’2017, 09h16′, Brasília- DF

 

Vênus, astro dispositor desta Lunação, está exaltada em Peixes e em sextil com Marte. Uma energia feminina que em bom aspecto com a energia masculina promove um impulso a favor do que lhe inspira. Deve-se lutar pelo que é apaixonado. A quadratura a Saturno indica que a luta provavelmente não será tranquila e se faz necessário trabalhar a paciência, perseverança, força e teimosia taurina para se superar os obstáculos que provavelmente se coloca a si mesmo. Touro pode ter muita resistência, mas cair na preguiça é também muito fácil. Que tipo de desculpas e empecilhos se irá criar para não realizar aquilo que se propõe? Novamente, a paixão pelo que se faz fará toda a diferença.

 

No momento da Lua Cheia em Escorpião há um sextil com o seu dispositor moderno, Plutão e Marte, o outro dispositor, faz trígono a Júpiter e uma quadratura a Netuno. Deve-se reconhecer o próprio potencial e saber eliminar ou transformar algo que se possui há muito tempo e que não funciona mais, por mais difícil que seja tal tarefa, mas apenas assim pode-se encontrar um sentido, em conectar-se verdadeiramente. Em outras palavras, eliminar tudo que não tiver paixão, tudo que o esforço não fará valer a pena. Os bons aspectos a Júpiter e Plutão indicam que oportunidades para reconhecer tal potencial existem, mas a quadratura a Netuno pode ainda fazer com que se engane e realize escolhas erradas baseadas no que acredita ser bom, mas somente poderá ser bom aquilo que ressoa, que tem a ver com a alma e também traz um sentimento de força, conforto e segurança, características importantes neste ciclo taurino. A realidade pode apresentar desafios em que é mais cômodo não fazer nada, permanecer numa zona de conforto ilusória e insistir em algo que não é prazeroso, mas que, por ser tudo que tem, traz uma falsa sensação de segurança.

 

Lua Cheia de Touro – 10/05/’2017, 18h42′, Brasília- DF

 

O filme Poder Além da Vida (Victor Salva – 2006) é um verdadeiro exemplo de paixão e propósito verdadeiro. Dan Millman (Scot Mechlowicz) é um talentoso ginasta, mas que vive na superficialidade e futilidade do sonho de ser um medalhista olímpico. Ele acaba conhecendo Sócrates (Nick Nolte) que lhe aponta para essa vida de mentira que cria, mas que se apega por ser tudo que acredita possuir. Com o tempo, Sócrates ensina Milman a mergulhar mais em si mesmo e a enxergar o mundo como ele é, sentir e viver o que acontece no presente, que é o que importa, e esvaziar a mente do lixo do passado e das preocupações do futuro. Após um grave acidente de carro, Dan encara a própria morte vendo seu sonho se desfazendo. Como bem cita Sócrates “A morte não é triste. O triste é que a maioria das pessoas não vivem”. Nisso, Dan é obrigado a resgatar e provar sua paixão pela ginástica e tirar forças do seu mais profundo ser para superar os obstáculos físicos que lhe aparecem.

 

https://www.youtube.com/watch?v=WSAAa8UFIKQ

 

Basicamente, a trama resume toda esta Lunação e aspectos envolvidos, principalmente os arquétipos de Touro-Escorpião, o eixo da posse. De um lado tudo aquilo que conquistou e lhe traz segurança e prazer e do outro o aprofundamento disso, envolvendo a perda e o quanto se está disposto a lutar e transformar para ir atrás do que deseja. “Um guerreiro não desiste do que ele ama. Ele encontra o amor no que ele faz”, cita também Sócrates neste filme.

 

Peter Paul Rubens – The Rape of Europa (1636)

 

 

Que esta Lunação nos sirva para resgatar a verdadeira paixão, sendo tão fortes e visando o crescimento como o Touro de Wall Street e tão corajosos quanto a “Garota Destemida”, assim como aproveitar as oportunidades de eliminar e transformar tudo o que não corresponde ao momento, superar os desafios e a sombra que diz que não se é bom o suficiente. No final, será o amor que se coloca naquilo que se faz é que nos provará o contrário.

 

 

 

 

Sobre o Autor

Astrólogo formado pela Humaniversidade e Gaia - Escola de Astrologia. Atualmente colabora com horóscopo e matérias para o portal da revista Glamour.

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *